Sexta-feira, 19 de Fevereiro de 2010

MEU DEUS! ESTÃO CEGOS!

WWW.FORTALWEB.COM.BR/GRUPOGUARARAPES

2010 É UM ANO DE LUTA. VAMOS LUTAR.

 

       O GRUPO GUARARAPES se sente como dentro de um quarto escuro, todos querendo se matar e os inocentes sendo esmagados e mortos pela falta de visão política. Os fatos indicam que estamos marchando para um controle da sociedade brasileira por parte de uma facção política que se encontra no governo e tenta dominar o PODER.

É o “ESTADO” o salvador.

       Só há uma Instituição ainda no Brasil que pode fazer face ao avanço da facção que domina o governo. São as Forças Armadas e já começam a preocupar-se face ao Poder comunista no Palácio do Planalto. Elas não têm mais influência política no sistema de governo existente no Brasil, pois foi colocado entre o Poder Central e as Forças Armadas um elemento estranho, chamado Ministério da Defesa, ocupado não por pessoas que pensam em Brasil e, sim, em tirar proveito político do cargo e em destruir as mesmas seja por vindita ou mando da facção que comanda no Palácio.

Nos países adiantados, há o MINISTÉRIO DA DEFESA. mas que pensa em termo de País e não de facção política. O ministro se afirma, não vestindo a farda de uma das três ou quatro Forças existentes e sim pela liderança que pode conquistar em benefício da pátria.

No Brasil, não -  é um fantoche do governo político e procura se afirmar ou querendo dar uma de macho ou por se curvar ao sistema.

       Por que o GRUPO GUARARAPES faz esta análise? Por uma razão muito simples.

A destruição das Forças Armadas marcha aceleradamente.

Os casos da tal “Comissão da Verdade”, dos Generais de Exército Cerqueira e Santa Rosa não surgiram do vácuo . Tudo é planejado para desmoralizar os Comandantes das Forças, criando um clima de que não adianta reagir, tornando o militar não o soldado amado da pátria, mas em simples funcionário público.

Vamos analisar os três casos com objetividade.

 

       COMISSÃO DA VERDADE. 

Foi lançado um revanchista PNDH – 3, com todas as luzes  da ribalta acesas. Choros, abraços, risos e encontros de saudades falsas e fabricadas. O Presidente chora. Coloca-se o bode dentro do teatro. Vem a reação dos segmentos da sociedade. As Forças Armadas dão um grito de dor. Há como um susto e logo se prepara o teatro. O Presidente não tem culpa. Não sabia. Não leu. O culpado da tragédia cômica são outros. Vamos modificar. O ministro da Defesa prepara o seu teatro. Ameaça se demitir e pede aos comandantes que o acompanhem. Anjos na política e crentes da dignidade da palavra acompanham o falso chefe. Chega-se a um acordo. A honra foi salva. Tiram-se as expressões “repressão política” – “apurações de violações” e mudou-se para não se mudar. Cria-se a COMISSÃO DA VERDADE.  É composta de elementos que odeiam as FORÇAS ARMADAS e até o representante do  Ministério da Defesa é um civil e advogado e, quem sabe, se não é contra as Forças Armadas. A Comédia Grega foi bem montada. O PNDH – 3 continua intacto. Os outros segmentos – AGRICULTURA – IGREJA – IMPRENSA chiaram e nada aconteceu, pois estão fracos, divididos ou comprados pelo Poder do dinheiro do Estado e estatais.

 

GENERAL RAYMUNDO NONATO DE CERQUEIRA. 

O clima criado com o PNDH -3 precisava continuar em efervescência e um caso criado com um general quatro estrela seria muito interessante. Pode ser que não, mas o senador escolhido é de uma eficiência a toda prova. O general estava sendo sabatinado para ser juiz de um tribunal. Iria julgar crimes cometidos ou não por brasileiros, pretos ou brancos, gays ou não. Nada tinha a ver com características particulares do criminoso ou não. O senador vem com uma pergunta bem montada que obrigava o general a se definir com uma particularidade individual de uma pessoa dentro da Corporação militar.

Poderia ter se referido a outros comportamentos até previstos no PNDH-3, o que não o fez. Poderia até perguntar como é aceito o travesti ou mesmo o homem traído pela a esposa. Foi num ponto delicado e que ele bem sabia que criaria constrangimento. O objetivo era criar o caso e o caso foi criado e as Forças Armadas colocadas no olho do furacão. Ainda vai render, quando o nome do general for para a sessão do Senado e o senador vai continuar no seu nefasto intento. Ele faz parte da minoria que quer implantar o comunismo no Brasil. E comunismo significa, também, tudo comum, tudo bagunça.

 

GENERAL DE EXÉRCITO MAYNARD MARQUES DE SANTA ROSA.

Quando surgiu, intempestivamente, o tal PNDH – 3, as Forças Armadas sentiram-se atingidas na sua honra. Os companheiros que morreram e trabalharam para salvar O BRASIL do comunismo e do golpe que estava sendo preparado pela esquerda  - (todo mundo sabia  disso como falou Oswaldo Pacheco da Silva, o governador Arraes, Julião num comício em Havana) - estavam cumprindo ordem. Não assaltaram banco, não mataram, não seqüestraram, não roubaram, não fizeram justiçamento, não roubaram armas de quartel, não cometeram crime de deserção. e não mataram. O comunista JACOB GORENDER, em seu livro Combate nas Trevas, até reprova com veemência o assassinado frio do marinheiro inglês – David Cuthberg – morto por ser representante do imperialismo e o classifica como barbárie e crime comum. .

Todos, da ativa ou da reserva, ficaram aguardando a reação do falsificador de Constituição, quando saíram os nomes dos inimigos das Forças Armadas compondo a tal COMISSÃO DA VERDADE. Silêncio numa demonstração de que tudo foi combinado na politicagem de campanário bem própria dos que aceitam que os “FINS JUSTIFICAM OS MEIOS”.  Tudo falso.

Um chefe parte em defesa da HONRA da FARDA que não é defendida por quem de direito e que sabe usá-la para mostrar a figura do macho que não teria medo, como se isso não fosse a mais deletéria qualidade de chefia. Se Ele não sabe é bom saber: “OS FORTES SÃO SUAVES” MARECHAL LYAUTEY. Se nunca ouviu falar dele, peça ao advogado, indicado para a COMISSÃO DA CALÚNIA que talvez o possa ter ouvido falar dele, de quem foi esse francês. Não falsificou a CONSTITUIÇÃO DA FRANÇA, isto é certo.

Novo teatro montado.

Vamos demitir o general Santa Rosa. Ele aparece como o líder e o comandante do Exército, homem cheio de dignidade e que honra a sua farda e a ama. E aparece como o disciplinador e o homem que sacrificou o companheiro. A ferida aumentou. Podem ficar calados, mas a dor da injustiça não será esquecida.  Mais um militar sacrificado no Campo da Honra e o Brasil estarrecido aguarda a vitória da candidata do presidente que tem como galardão ser assaltante de banco, terrorista e outras más qualidades mais.

 

MEU DEUS! ESTÃO CEGOS!

Infeliz de um país onde homens são nada mais do que eunucos. Quando a desgraça total chegar vão apelar como sempre apelaram para as forças armadas. Elas estarão a postos, como sempre estiveram, mas agora enojadas, como nunca estiveram, com a falta de caráter da maioria dos políticos brasileiros. Fiquem certos de que disciplinadamente os acatam, mas com nojo e repugnância. Ladrões soltos e ladrões presos e todos comendo no mesmo cocho da politicagem.

Mas sempre se salva a honra da farda, como agora acontece com o ato irretocável da figura impoluta do general santa rosa!


publicado por ccc-br às 14:27
link do post | comentar | favorito
|

.as minhas fotos

.posts

. Frustram reação das FARC

. Quem elege "Porcos", na "...

. Estátua de Stalin é derru...

. Celso Daniel e as 7 coinc...

. O enterro das Forças Arma...

. O Brasil precisa de um es...

. Um comunista a menos! Vam...

. José Serra ataca as FARC ...

. A dança de Lula com os dé...

. As Tróikas

. Para Gorbachev, Rússia pr...

. Fichas Suja - Lista dos S...

. Pode existir socialismo c...

. Será que Lula não é comun...

. Perigo de fraude!

.globe

.links

.noname

eXTReMe Tracker

.subscrever feeds